domingo, 18 de dezembro de 2016

Cedar Executive compra mais um Legacy 500

Dubai, Emirados Árabes Unidos, 6 de dezembro de 2016 – A Middle East Airlines (MEA) confirmou hoje, durante a Middle East and North Africa Business Aviation (MEBAA), feira aeronáutica que acontece essa semana em Dubai, a compra de um segundo jato executivo Legacy 500 para a sua afiliada de aviação executiva, Cedar Executive. A entrega da nova aeronave está programada para meados de 2017.Com sede no aeroporto internacional de Rafic Hariri, em Beirute, no Líbano, a Cedar Executive iniciou operações quando o primeiro Legacy 500 foi entregue, em janeiro de 2016. A empresa oferece serviços de fretamento para clientes, bem como atendimento aeroportuário privado (FBO, na sigla em inglês) que inclui manutenção e hangaragem, entre outros apoios para aviação executiva.“A Cedar Executive superou as expectativas dos clientes com um serviço de alto nível logo no seu primeiro ano de operação. É uma satisfação fazer parte desta conquista, fornecendo a aeronave que combina o conforto, a tecnologia e o desempenho desejados para uma experiência única de viagem”, disse Marco Tulio Pellegrini, Presidente & CEO da Embraer Aviação Executiva. “Estamos comprometidos em oferecer os melhores serviços para apoiar esse contínuo crescimento da frota de Legacy 500.”“Nosso objetivo na Cedar Executive é oferecer aos clientes nada menos do que um serviço de referência global e uma prazerosa experiência. Nosso atual Legacy 500 já tem proporcionado isso aos nossos passageiros pelo Oriente Médio”, disse Fouad Fawaz, CEO da Cedar Executive. “A adição de mais uma aeronave é testemunho da qualidade de nossos serviços e do desempenho desta magnífica aeronave.”Foto: https://eej.imagerelay.com/fl/a14345be0a20473d8d138a422133cfa4Sobre o Legacy 500O Legacy 500 tem a melhor cabine de passageiros da sua categoria, com 1,83m de altura, similar às de algumas aeronaves na categoria super midsize. Oito poltronas podem ser convertidas em quatro leitos para repouso completo em uma altitude equivalente de cabine de 6.000 pés. O sistema de entretenimento a bordo inclui vídeo de alta definição, som surround, várias opções de entrada de áudio e vídeo, sistema de gerenciamento de cabine, e três opções de comunicação de voz e conectividade.O Legacy 500 é o primeiro jato midsize totalmente equipado com sistema de comandos de voo digital, baseado na tecnologia full fly-by-wire, com manche lateral de controle (sidestick) e a suíte de aviônicos Rockwell Collins Pro Line Fusion em quatro telas planas LCD de alta resolução, de 15 polegadas, completamente digital, com planejamento gráfico de voo, além de opções como autobrakes, e o E2VS (Embraer Enhanced Vision System), o qual combina o Head Up Display (HUD) e o Enhanced Vision System (EVS).O Legacy 500 é capaz de voar a 45.000 pés (13.716 m) de altitude e é equipado com dois motores Honeywell HTF7500E, os mais ecológicos de sua classe. Decolando de uma pista tão curta quanto 4.084 pés (1.245 m), o Legacy 500 tem um alcance de 3.125 milhas náuticas (5.788 quilômetros), com quatro passageiros a bordo, nas condições NBAA IFR. , o que permite voos sem escalas, de São Paulo a Caracas (Venezuela), Los Angeles (EUA) a Honolulu (Havaí), Teterboro (EUA) a Londres (Inglaterra). Sobre a Embraer Aviação ExecutivaA Embraer é uma das maiores fabricantes de jatos executivos do mundo, tendo entrado neste segmento de mercado a partir de 2000, com o lançamento do jato Legacy. A Embraer Aviação Executiva foi constituída em 2005. Seu portfólio, o mais amplo da indústria, é formado pelos jatos Phenom 100, Phenom 300, Legacy 450, Legacy 500, Legacy 650E e Lineage 1000E. Com dez anos de mercado, a frota de jatos executivos da Embraer ultrapassa 1.000, que estão em operação em mais de 60 países. Os clientes são apoiados por uma rede global de 70 centros de serviços entre próprios e autorizados e centros de distribuição de peças, complementados por um Contact Center 24/7.Sobre a Embraer​Empresa global com sede no Brasil, a Embraer atua nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola. A empresa projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer suporte e serviços de pós-venda.Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

Embraer entrega à Tianjin Airlines jato 1.300 da família de E-Jets


A Embraer alcançou hoje mais um marco com seu programa E-Jets - a entrega da aeronave de número 1.300. O E-Jet, modelo E195, foi entregue à Tianjin Airlines, da China, em cerimônia na fábrica em São José dos Campos. Esta entrega eleva para 45 o número de E-Jets na frota Tianjin Airlines, que é a maior na Ásia.

“Dedicamos este marco a todos os nossos clientes que abraçaram a filosofia dos E-Jets. Sem cada um deles, nunca teríamos alcançado tal sucesso com o programa”, disse John Slattery, Presidente & CEO, Embraer Aviação Comercial. “É um grande prazer compartilhar este emocionante momento com a Tianjin. Somos parceiros há muitos anos e esperamos continuar assim por muitas outras décadas, à medida que a companhia aérea cresce com o E2.”
Durante a visita de Estado do presidente chinês Xi Jinping, em 2014, a Embraer e a Tianjin Airlines assinaram um acordo para até 20 E195 e 20 E190-E2. O primeiro E2 está programado para ser entregue à Tianjin Airlines em 2018.
A Tianjin Airlines está entre os primeiros clientes da Embraer na China. Em 2008, tornou-se a primeira companhia aérea a operar um E-Jet no país, sendo também o Centro de Atendimento Autorizado da Embraer na região.
Liu Lu, Diretor-Executivo e Presidente da Tianjin Airlines, disse que este é outro marco para Tianjin Airlines. “A Tianjin Airlines começou como uma empresa regional e os E-Jets têm desempenhado um papel crucial na otimização da frota e na expansão de rotas. A Tianjin Airlines é também o maior operador de E-Jets na Ásia, com 62 aviões, redefinindo o modelo de operação da aviação regional na China. Estamos orgulhosos de receber o E-Jet de numero 1.300 da Embraer e estamos ansiosos pelos novos E-Jets E2 para nos trazer ainda mais valor.”

A Embraer tem liderado a indústria de aviação regional chinesa com uma participação de mercado de cerca de 80% das encomendas de jatos regionais. Até o momento, a empresa registrou pedidos para 190 aeronaves comerciais, 21 das quais estão pendentes de aprovação do governo chinês. 
A Embraer é líder mundial na fabricação de jatos comerciais até 130 assentos. A Companhia possui 100 clientes em todo o mundo operandos os jatos das famílias ERJ e de E-Jets. Somente para o programa de E-Jets, a Embraer já registrou mais de 1.700 pedidos firmes e 1.300 entregas, redefinindo o conceito tradicional de aeronaves regionais por meio da operação em uma gama de aplicações de negócios.


Siga-nos no Twitter: @Embraer

Sobre a Embraer

Empresa global com sede no Brasil, a Embraer atua nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola. A empresa projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer suporte e serviços de pós-venda.
Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.
A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 130 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa. 

terça-feira, 17 de maio de 2016

E190 estreia no Japão com a J-AIR, subsidiária da Japan Airlines

Osaka, Japão, 10 de maio de 2016 – A Embraer anunciou hoje a estreia do jato E190 no Japão com a J-AIR, subsidiária da companhia aérea Japan Airlines. O voo inaugural ocorreu entre as cidades de Osaka (Itami Airport) e Kagoshima. O ingresso do primeiro E190 na frota da J-AIR eleva para 28 o atual número de E-Jets operando no Japão.

 “Os E-Jets comprovaram a habilidade de auxiliar as companhias aéreas a aumentar as receitas e, de maneira sustentável, atuar em novos mercados, como no caso da Japan Airlines”, disse Paulo Cesar Silva, Presidente & CEO, Embraer Aviação Comercial. “O E190, configurado com 95 assentos, complementa as operações dos jatos E170 da J-AIR. A capacidade extra ofertada também reflete o crescimento constante do mercado doméstico japonês. Nossos E-Jets continuarão adicionando um grande valor às operações da J-AIR, e somos gratos à Japan Airlines pela confiança e parceria, pela qual temos grande apreço.”

“Estamos honrados por receber o primeiro E190 no Japão”, disse Tetsuya Onuki, Presidente da J-AIR Corporation. “A combinação dos atuais E170 e os novos E190s em nossa frota nos dará maior flexibilidade para adequar nossos produtos e serviços às necessidades dos nossos clientes. Estamos confiantes que o E190, com novo interior de cabine e o serviço diferenciado da Classe J, vai proporcionar uma revigorante e confortável experiência de voo aos nossos clientes.”

O E190 configurado pela JAL em duas classes de serviço e com assentos de couro genuíno é o terceiro modelo da família de E-Jets operando no Japão e soma-se aos jatos E170 e E175, que já voam naquele país. A J-AIR utiliza atualmente um total de 17 jatos E170, enquanto a Fuji Dream Airlines voa com três E170 e sete E175. O E190 é utilizado por 50 clientes em todo o mundo.

A Embraer é a única fabricante a desenvolver uma moderna família de quatro aviões especificamente para o segmento de 70 a 130 assentos. Desde o lançamento do programa, a Embraer registrou cerca de 1.700 encomendas e mais de 1.200 entregas. Os E-Jets redefiniram o conceito tradicional de aeronaves regionais, operando em toda uma gama de aplicações de negócios, com cerca de 70 clientes de 50 países. Coletivamente, os E-Jets já acumularam mais de 15 milhões de horas de voo.

Siga-nos no Twitter: @Embraer

Sobre a Embraer

Empresa global com sede no Brasil, a Embraer atua nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola. A empresa projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer suporte e serviços de pós-venda. Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros. A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 130 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa. ​

FONTE: ASSESSORIA DE IMPRENSA

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Jato Phenom 100, da Embraer, selecionado para treinar pilotos das forças armadas do Reino Unido

Bristol, Reino Unido, 3 de fevereiro de 2016 – O jato executivo Phenom 100, da Embraer, foi selecionado para realizar o treinamento dos pilotos das forças armadas do Reino Unido em aeronaves multimotor. O contrato assinado com a Affinity Flight Training Services prevê a aquisição de cinco aeronaves para o programa Military Flight Training System (MFTS), do Ministério da Defesa do Reino Unido. O contrato também inclui um pacote de serviços e opções para aeronaves adicionais. 

O programa destina-se a substituir o modelo de treinamento inicial, básico e multimotor, que atualmente é realizado em aeronaves mais antigas, por uma nova solução totalmente integrada, que fornece aeronaves de treinamento mais modernas, dispositivos de treinamento no solo e material didático. A solução é derivada do modelo de formação desenvolvido pela Ascent Flight Training, empresa responsável pelos serviços de treinamento do programa MFTS no Reino Unido. Em 2014, a Affinity foi selecionada pela Ascent Flight Training para fornecer e operar as aeronaves selecionadas para o programa MFTS.

“Estamos muito orgulhosos por termos sido selecionados em um programa tão importante para o Ministério da Defesa do Reino Unido”, disse Jackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança. “O Phenom 100 é uma aeronave muito confiável, com boa relação custo-benefício, fácil de operar e que também já foi selecionada para realizar o treinamento de tripulantes de importantes companhias aéreas internacionais.”

O programa MFTS do Reino Unido é voltado para a formação de pilotos das forças armadas desde a fase inicial até o treinamento em voo elementar, básico e avançado, preparando-os para atuar em suas unidades operacionais designadas. O sistema é operado pela Ascent Flight Training, consórcio formado pela Lockheed Martin e pela Babcock International, por meio de uma parceria público-privada firmada com o Ministério da Defesa do Reino Unido. 

Siga-nos no Twitter: @Embraer

Jackie Chan é o primeiro cliente do Legacy 500 da Embraer na China



Tianjin, China  –  A Embraer anunciou no último dia 1° de fevereiro que o ator de cinema Jackie Chan se tornou o primeiro cliente a receber um jato executivo Legacy 500 na China.

“Estou muito feliz por receber o Legacy 500, um jato executivo de última geração,” disse Jackie Chan. “Nos últimos anos, meu Legacy 650 trouxe-me experiências de viagem fantásticas e grande conveniência, permitindo-me fazer mais gravações e trabalhos filantrópicos pelo mundo. Tenho certeza de que o desempenho do novo Legacy 500 excederá novamente minhas expectativas, se tornando um confortável lar e escritório móvel para mim.” 

“O Legacy 500 incorpora as mais avançadas tecnologias em um projeto que maximiza o conforto dos passageiros e a eficiência em consumo de combustível”, disse Marco Tulio Pellegrini, Presidente & CEO da Embraer Aviação Executiva. “Ao lado do Legacy 650 que Jackie Chan já possui, a nova aeronave vai contribuir com o desenvolvimento de negócios e as atividades humanitárias em que ele está envolvido”.

A relação entre Jackie Chan e a Embraer vem desde 2012, quando ele recebeu um Legacy 650 como cliente-lançador dessa aeronave na China, e se tornou embaixador da marca.

Guan Dongyuan, Presidente da Embraer China disse: “Sentimo-nos privilegiados por entregar um Legacy 500 para Jackie Chan, que não é somente um reconhecido astro de cinema, empresário bem-sucedido e filantropo, mas também um parceiro, cliente e embaixador da nossa marca. Acredito que a escolha do Jackie Chan reflete a mudança de pensamento entre os clientes chineses, de que um jato executivo de médio porte pode atender a maior parte das necessidades de negócios com alta eficiência e maior flexibilidade”.  

Sobre o Legacy 500

O Legacy 500 tem a melhor cabine de passageiros da sua categoria, com 1,83m de altura, similar às de algumas aeronaves na categoria super midsize. Oito poltronas podem ser convertidas em quatro leitos para repouso completo em uma altitude equivalente de cabine de 6.000 pés. O sistema de entretenimento a bordo inclui vídeo de alta definição, som surround, várias opções de entrada de áudio e vídeo, sistema de gerenciamento de cabine, e três opções de comunicação de voz e conectividade.

O Legacy 500 é o primeiro jato midsize totalmente equipado com sistema de comandos de voo digital, baseado na tecnologia full fly-by-wire, com manche lateral de controle (sidestick) e a suíte de aviônicos Rockwell Collins Pro Line Fusion em quatro telas planas LCD de alta resolução, de 15 polegadas, completamente digital, com planejamento gráfico de voo, além de opções como autobrakes, e o E2VS (Embraer Enhanced Vision System), o qual combina o Head Up Display (HUD) e o Enhanced Vision System (EVS).

O Legacy 500 é capaz de voar a 45.000 pés (13.716 m) de altitude e é equipado com dois motores Honeywell HTF7500E, os mais ecológicos de sua classe. Decolando de uma pista tão curta quanto 4.084 pés (1.245 m), o Legacy 500 tem um alcance de 3.125 milhas náuticas (5.788 quilômetros), com quatro passageiros a bordo, nas condições NBAA IFR, o que permite voos sem escalas, de São Paulo a Caracas (Venezuela), Los Angeles (EUA) a Honolulu (Havaí), Teterboro (EUA) a Londres (Inglaterra), Beijing (China) a Nova Delhi (Índia). 

Sobre a Embraer Aviação Executiva
  
A Embraer é uma das maiores fabricantes de jatos executivos do mundo, tendo entrado neste segmento de  mercado a partir de 2000, com o lançamento do jato Legacy. A Embraer Aviação Executiva foi constituída em 2005. Seu portfólio, o mais amplo da indústria, é formado pelos jatos Phenom 100E, Phenom 300, Legacy 450, Legacy 500, Legacy 600, Legacy 650 e Lineage 1000E. Com dez anos de mercado, a frota de jatos executivos da Embraer já ultrapassa 930, que estão em operação em mais de 60 países. Os clientes são apoiados por uma rede global de 75 centros de serviços entre próprios e autorizados e centros de distribuição de peças, complementados por um Contact Center 24/7.

Siga-nos no Twitter: @Embraer
FONTE:  Assessoria de Imprensa Embraer